Iluminação natural: bom para seu bolso e para o planeta.

Construir a casa de seus sonhos pode também ser um exercício de consciência ambiental. Uma forma de projetar edificações com essa visão é aproveitando ao máximo a iluminação natural. Além de contribuir com a manutenção dos recursos do nosso planeta, é ainda um método para gerar economia no consumo de energia. A Terra e o seu bolso agradecem!

Continue a leitura e confira algumas dicas para economizar na conta de luz!

Fazer portas e janelas voltas para o sul

Para investir na luz natural, algumas orientações precisam ser seguidas. As aberturas (portas e janelas) devem ser feitas seguindo as características da inclinação do sol. É importante, na medida do possível, fazer grandes aberturas voltadas para o sul.

A face sul recebe pouca ou nenhuma incidência de sol. Por isso, fazer grandes aberturas não só permite que a luz entre na edificação de maneira suave, mas também melhora a questão visual e favorece a entrada de ventos predominantes do Sudeste.

Quanto à escolha de cômodos cuja face está posicionada para o leste, onde nasce o sol, esta é uma boa posição para os quartos. A face oeste acaba recebendo o “sol da tarde”. Já as fachadas posicionadas ao norte, que recebe sol o dia todo, precisam de proteção. Deve ser protegida do sol por meio da implantação de elementos arquitetônicos, como: brise, elementos vazados, marquise e varanda.

Utilize materiais reflexivos para melhor a iluminação

Além do posicionamento da casa, é possível melhorar a iluminação trabalhando com a reflexão de luz para o interior da casa. Pode-se usar superfícies refletivas como espelhos d´água, pinturas especiais e outros materiais lisos, que refletem a luz do sol para dentro do imóvel. Eles permitem a criação de efeitos luminosos na edificação.

Utilize cortinas com transparência e cores claras

É importante deixar entrar no ambiente o máximo de luz natural. O uso de cortinas com transparência e cores claras ajudam a manter a privacidade e ao mesmo tempo deixar a luz entrar. Para momentos que exigem menos claridade, pode-se usar um forro blackout, independente da cortina.

Gostou das dicas? Então conte com a assessoria de nossos profissionais para executar a sua obra e ajude seu bolso e o planeta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *